terça-feira, 30 de setembro de 2008

Mágoa

Hoje magoei uma pessoa.

Como isso me fez mal. Juro que não foi essa a intenção, mas quando percebi, um par de lágrimas escorria, uma em cada lado do seu rosto. Demorei pra entender o que ocorrera. As minhas primeiras três perguntas não obtiveram resposta. Somente depois lembrei-me do que eu tinha dito.

Confesso que estava nervoso, nem sempre as coisas acontecem como gostaríamos, mas aquilo foi mais um desabafo, um extravasar. Não queria ofender, diminuir, magoar aquela pessoa.

Mas foi o que aconteceu.

Tentei contornar a situação. Expliquei-lhe que não fora essa minha vontade, que fora uma brincadeira, brincadeira de mal-gosto e que não funcionara, mas que em momento algum quis ser grosseiro. E pedi desculpas, duas, três vezes. Acho que até foram quatro.

Espero que ela tenha entendido. Tenho minhas dúvidas, mas acho que sim. Ao menos eu compreendi algo que minha professora de português do 3º ano já dizia: “as palavras são armas”.
Related Posts with Thumbnails