quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Vote em mim.

Tem gente que odeia o verão por causa do calor, outros detestam o inverno por causa do frio, e alguns não suportam a primavera por causa de suas rinites.


Costumo não esbravejar contra as condições meteorológicas, desde que tenha acesso a uma ambiente com ar-condicionado. Procuro direcionar meus poucos momentos de ódio a outros eventos, como campanhas eleitorais municipais.


Como eu tenho raiva dessa época. Principalmente porque, por puro interesse comercial, procuro manter a neutralidade. Para tanto, sou obrigado a cuidar o quê, como, com quem e para quem eu falo. Um nojo.

O pc do meu consultório mostra minhas fotos na proteção de tela. Numas delas, eu apareço ao lado de um dos candidatos a prefeito, numa reunião do Rotary. Antes que pensassem (ou melhor, insinuassem, porque pensar estes ignorantes não conseguem) algo a respeito da minha opção partidária, resolvi tirar a foto do HD.

Aliás, nem tenho opção partidária. Quando novo, inclinava para a direita. Virei esquerdista na minha época de universitário, mas hoje estou curado. Não vejo o porquê de votar em partido se ideologicamente não há diferenças entre eles. A única diferença é quem vai se beneficiar com a máquina. O que importa não é o sistema, mas sim a pessoa. Enquanto estas valorizarem mais o acúmulo material do que moral, as eleições não terão o menor sentido para mim.
Related Posts with Thumbnails