domingo, 5 de abril de 2009

O prazer de acordar cedo

Sempre gostei de acordar cedo, inclusive aos domingos. Não tenho paciência para ficar o dia inteiro deitado na cama, apesar de não dispensar uma boa sesta no final de semana. Mas hoje fiz algo que não fazia há anos: acordar mais cedo para assistir a uma corrida de Fórmula 1.

Sempre fui fã da categoria, e minhas primeiras lembranças das corridas são anteriores às lembranças fustebolísticas. Mas infelizmente os últimos anos não haviam sido muito atraentes para seus admiradores: campeonatos concentrados nas mãos de poucos pilotos, somente uma ou duas equipes com chances reais de vitória, corridas monótonas, sem ultrapassagens, um tédio.

Mas a última e inusitada corrida do ano passado foi o prenúncio de boas novas para o circo da Fórmula 1. Neste ano algo totalmente inesperado está acontecendo, com as antigas favoritas andando no pelotão de trás, equipes novas ou com pouca tradição disputando corridas e, principalmente ultrapassagens, muitas ultrapassagens. É por este motivo que hoje, às 5:55, eu já estava em frente à TV, com meu mate cevado.

Não me arrependo nem um pouco, pois presenciei um belo espetáculo, digno dos bons tempos da competição.


Dizem que além das restrições ao uso de recursos aerodinâmicos, algumas equipes estão fazendo uso de um tal de difusor para se beneficiarem. Se for assim, por favor, alguém invente um tal de difusor para ser usado no futebol, principalmente no europeu.
Related Posts with Thumbnails