quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Vendem-se ilusões

É incrível a capacidade que o futebol tem de nos iludir: durante todo o Brasileirão 2008 tive a ilusão que o meu Grêmio tinha não só chances, mas sim enormes possibilidades de conquistar o campeonato. Como pude me iludir tanto?

Desde que o torneio passou a ser disputado pelo sistema de pontos corridos, duvidei que algum dia o tricolor lutasse novamente pela taça. Todas as nossas conquistas de maior expressão vieram na base da superação, com times limitados e, na maioria das vezes, nos valendo de alguma peculiaridade do regulamento. Algo totalmente impossível num campeonato tão longo, onde 20 times jogam todos contra todos e aquele que somar mais pontos é o vencedor. Não é à toa que no primeiro ano lutamos até o final para não cairmos e no segundo ano sucumbimos. Quando voltamos, até que não fomos tão mal, mas nunca vimos a taça de perto.

Neste 2008 vimos. Inclusive imaginamos que já estávamos encostando os dedos nela.

Ilusão, mais uma mera ilusão destas que somente o futebol é capaz de criar. Um time sem ataque, com severas limitações não conseguiria se superar por intermináveis 38 rodadas. No domingo passados acordamos para a realidade, ainda atordoados, mal e mal conseguindo ver um cada vez mais distante São Paulo. Apesar de que a matemática, de modo extremamente debochado, ainda nos contempla com uma remota possibilidade de título, o Campeonato Brasileiro de 2008 acabou para nós. Restou-nos assegurar a vaga para a Libertadores 2009 nas duas derradeiras rodadas.

É bem verdade de que nossas expectativas no início do campeonato eram muito piores, porém é frustrante e dói perder o campeonato deste jeito, depois de irmos tão longe, ainda mais porque não sei quando teremos novamente uma oportunidade como esta.

O que pode ser pior do que isso? Só uma improvável derrota sãopaulina em pleno Morumbi, aliada a uma vitória nossa no Ipatingão, reacendendo em nós a chama da imortalidade (aquela mesmo que luziu exatos 3 anos atrás em Recife, neste mesmo 26 de novembro) fazendo com que cheguemos a rodada final com condições de conquistar o título.

Mas do que adiantaria? Seria tão somente mais uma ilusão que o futebol criaria em nossas mentes apaixonadas.
Related Posts with Thumbnails