terça-feira, 11 de novembro de 2008

Blau Berg Bier

Tenho várias desculpas para que a série Cerveja Artesanal - a saga não esteja seguindo uma ordem cronológica: trabalho, estudos, vida afetiva, antigomobilismo, futebol, minha participação no FutebolForça.com e, por que não dizer, preguiça. Os meus relatos sobre a história da bebida ainda estão na Mesopotâmia, mas minha produção... bem...



Estou escrevendo sentido o after taste da primeira Blau Berg Bier a dar o ar da graça e a ser consumida.



É óbvio, e já era esperado, que não ficou lá grandes coisas, mas confesso que me surpeendi positivamente. Ao engarrafá-la, o odor não era muito convidativo, e pus a maior parte da leva fora. Hoje, ao abrir a primeira garrafa, percebi que o (mau) odor permanecia. Tive receio em experimentá-la, mas fui em frente:



E eis a minha surpresa: a cerveja era "bebível". Já tomei muita cerveja "comercial" em pior estado. Tinha gosto de cerveja, não era uma Abadessa ou uma Schmitt, mas era cerveja. E isso me animou, pois esperava um resultado muito pior. Por se tratar da primeira leva, e devidos aos vários problemas na produção já detectados, o resultado foi bastante animador.



Só espero que amanhã me encontre em condições intestinais adequadas para levar o projeto adiante.
Related Posts with Thumbnails