segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Alexander Soljenitsin

Sou ligado a rotinas. Uma delas é, logo de manhã, dar uma rápida lida no jornal do dia, tomando um chimarrão. Como o jornal é extenso e meu tempo curto, muitas partes são preteridas, como a página policial e o obituário, a não ser se algo chame a atenção dos meus olhos, como foi o caso da notícia que li hoje, que dizia da morte de um Nobel de Literatura: Alexander Soljenitsin.


O período que eu mais li foi nos primeiros anos da minha atividade profissional, quando o que não me faltava era tempo. Foi nessa época em que descobri Soljenitsin, através da indicação de um amigo, que contou-me de um livro que lera, O Arquipélago Gulag, que narrava os horrores dos campos de prisioneiro da Sibéria durante a dutadura comunista. Procurei-o na biblioteca pública da cidade, mas encontrei apenas outros três, que me entreteram por muitos dias. O meu preferido foi Agosto 1914, que conta a participação russa na Primeira Guerra Mundial.


Mas ainda não tive o prazer de ler o livro que me fez conhecer Soljenitsin. Quem sabe nos próximos 15 anos eu consiga.


Related Posts with Thumbnails