segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Pausa

No começo de minha vida profissional, ouvi de uma ex-professora a seguinte sentença: "tu vai ver Germano, depois tu nem vai conseguir tirar férias, e nem vai ser por falta de dinheiro, e sim por falta de tempo".
Tive muita dificultade em não rir da cara dela. Se eu mal e mal conseguia pagar minhas contas, como pensar em falta de tempo???
Como eu era ingênuo! Hoje o que eu mais queria é que meu dia tivesse 27, quiçá 30 horas. Como seria bom para o meu trabalho...
Talvez seja por isso que eu tanto valorizo meus momentos de férias. Como eu já escrevi aqui, demorei cinco anos para tirar minhas primeiras, fato que somente se repetiu uma vez nos três anos seguintes. Mas se eu tivesse ouvido minha professora, e tantas outras pessoas que me aconselharam do contrário, não ficaria tanto tempo apenas pensando no meu trabalho. Pois como disse um paciente "férias não é um dinheiro que tu gasta, pois tu volta com tanta vontade, com tanta disposição para o trabalho que logo logo recupera tudo o que foi gasto".
É por este motivo que estou saindo de férias. No momento que o Blogger publicar este texto, já estarei longe de casa, e nem adianta me ligarem pois meu celular já está desligado.
Afinal, eu mereço...
Related Posts with Thumbnails