domingo, 29 de agosto de 2010

Eleições

Faz muito tempo que eu não perdia meu tempo com a propaganda política na tv. Acho que eu até assistia mais quando nem tinha título de eleitor. Mas nessa semana assisti por duas oportunidades, um pouco pelas minhas dúvidas em relação às eleições legislativas, outro tanto por curiosidade.
Algumas considerações a respeito do que vi:
- como a esquerda sabe fazer propaganda, os caras são muito bons nisso mesmo. Aliás, em todas as artes eles se destacam;
- falando em esquerda, é apavorando o número de legenda de esquerda neste pleito, principalmente dos nanicos. Se bem que historicamente esse pessoal nunca se acertou: era socialistas x comunistas, bolcheviques x mencheviques, stalinistas x trotkistas, PCB x PCdoB, perestroikistas x não-perestroikistas, Dirceu x Palocci...
- e a direita, ou os conservadores, cadê? Tem um ou dois partidos nanicos que dizem "defender a família". E só, nada significativo;
- se defender a família e os valores tradicionais não dão voto, por outro lado é apavorante o número de candidatos e legendas que assumem a bandeira da viadagem. Vi até uma imagem com umas bixas se beijando, em pleno horário nobre.
- a principal argumentação mostrada pelo PT em favor de sua candidata foi o fato de que ela é mulher. Será que existe gente que define seu voto por um argumento destes?
- muito estranho o PSDB ser tão pouco agressivo em relação à sua adversária. Nenhuma menção ao seu envolvimento com terrorismo no passado.
Related Posts with Thumbnails