segunda-feira, 11 de maio de 2009

Os 5 melhores "tiristas" do Brasil

Se depender de mim, os jornais não desaparecerão. Ao menos não tão cedo, pois ainda mantenho o hábito de sujar meus dedos com sua característica tinta todas a manhãs, enquanto tomo meu mate. E invariavelmente, termino minha leitura com os quadrinhos.

Nada estranho para quem iniciou nas letras com Pato Donald, Zé Carioca, Mickey Mouse e a Turma da Mônica. E se hoje não tenho mais me dedicado a estas leituras, faço questão de prestigiar sua versão resumida: as tiras citadas acima.

Para homenageá-las, uma pequena lista (não seguindo nenhuma ordem de preferência e nem de lembrança, apenas de conveniência) com os meus cinco cartunistas/cartoons preferidos. Ou seriam "tiristas"?

Laerte: gênio do humor nonsense. Maldita Zero Hora que não mais o publica.



Fernando Gonsales: outro mestre do humor sem noção.


Iotti: criador do Radicci, o perfeito esteriótipo do gringo de "Cacias".


Sampaulo: criador do mítico Sofrenildo. Primeira tira engraçado da qual eu me lembro, ainda nos tempos do Correio do Povo da época da família Caldas.



Tosco: não sei quem desenha, mas esta tira é publicada no jornal Folha da Produção, aqui de Cerro Largo, e no A Integração, de Horizontina. Tosco ídolo!



Related Posts with Thumbnails