quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Ponto Final.

Displicente: eis a palavra que encontrei em meu restrito vocabulário e que melhor expressa minha relação atual com as leituras (de livros, no caso). Estou muito displicente. É bem verdade que tenho algumas desculpas, mas tenho lido muito pouco, assim como escrito pouco.

A desculpa de falta de tempo justifica a leitura de textos curtos. Talvez seja este o motivo pelo qual a publicação que conseguiu atravessar este período inculto foi um livro com esta característica, o Livro da Família 2009. Publicado pela Província do Brasil Meridional da Compainha de Jesus há 63 anos (inicialmente era chamado de "Anuário Inaciano¨), o livro é um almanaque anual que trata de diversos assunto, como religiosidade, família, meio-ambiente, relações humanas, intercalados com piadas, curiosidades, contos e testemunhos dos leitores.

Além dele, os Jesuítas também ainda publicam sua versão em alemão, o Familien-Kalendar, já na sua 70ª edição (entre 1941 e 1945, durante a Segunda Guerra Mundial, o livro não pode ser publicado).

Uma leitura que nos leva à reflexão e, além de tudo, agradável.
Related Posts with Thumbnails