quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

10 anos

Lembro-me de que aquele 12 de janeiro de 2001 foi bastante quente, o que não é de se estranhar pela época do ano, mas para quem estava usando uma toga a sensação térmica não era nada agradável. Mas como o salão de atos da UFGRS tem ar-condicionado, posso dizer que calor não foi o principal problema durante as intermináveis 3 horas e meia da cerimônia. 
Exceto para os concluintes e seus familiares mais próximos, formatura é um tédio. Discursos de quem nunca se ouviu falar, sobre assuntos que não interessam aos outros, manifestações de amor de estranhos, gritos, aplausos... tenho tudo registrado em duas fitas VHS que eu nunca vi na íntegra, apenas os 2 ou 3 minutos em que eu apareço, e que também não tenho muito vontade de rever tão cedo
Depois, a janta para meus familiares e amigos na churrascaria Nova Bréscia, e o baile. E por fim, o que fazer???
Trabalho, estudos, espera, frustações, alegrias, empregos, desempregos, aluguel, concursos, calote, geração de emprego, dor nas costas, reconhecimento...
Não é fácil ser dentista, mas sou feliz no que faço. Muita coisa aconteceu nestes 10 anos que separam a minha formatura do dia de hoje, e por mais difícil que tenha sido a caminhada, alegro-me ao olhar para trás e ver tudo pelo que passei e até onde cheguei.

Related Posts with Thumbnails